Páginas

sábado, 27 de agosto de 2011

Apenas um momento

Quero amar!
Somente amar.
Não quero ser
um louco delirante.
Quero o luar
para iluminar
na beira do mar,
nossos corpos nus se amando...
Depois se você se for
que vá.
Mesmo que eu tenha que chorar,
não vou morrer de saudade.
Porque o meu coração,
não tem medo da solidão,
quando decidiu te amar,
por um momento,
e depois;
uma eternidade
de lembranças,
saudade,
solidão,
dor,
e paixão,
que curarei
em outros braços...
(Poeta Francis Perot)

Nenhum comentário:

Postar um comentário